Página Inicial
 Nutrientes
  Macronutrientes
   Carboidratos
   Proteínas
   Gorduras
   Fibras [+]
  Micronutrientes
  Vitaminas
   Vitamina A
   Vitamina D
   Vitamina E [+]
  Minerais
   Cálcio
   Sódio [+]
 Mais conteúdos [+]

 Área dos Professores
 Guia Nutricional
 Alimentação Saudável
 Dicas Nutricionais
 Test Drive de Produtos
 Expectativa de Vida
 Teste Nutricional
 Teste Yin Yang
 Cálculos On-line
  Peso Ideal
  IMC
  Atividades Físicas
  Calorias Homens
  Calorias Mulheres
 Artigos
 Tabela de Calorias
 Nutrição e Patologias

 Jogos On-line
 Exercícios Resolvidos
 Provas de Concursos

 Laifis de Nutrição
 Curiosidades
 Mito ou Verdade?
 Receitas
 Dicionário de Nutrição
 Notícias
 Profissão Nutricionista
 Downloads
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

Carboidratos e exercícios de endurance (aeróbicos)


Exercícios de endurance são atividades físicas aeróbicas (correr, pedalar...). Nesta prática esportiva a depleção de glicogênio muscular e hepático pode resultar em fadiga. Para retardar esta ocorrência, é importante a ingestão de carboidratos antes, durante e depois o exercício.

Carboidratos antes do exercício:

O objetivo é aumentar o conteúdo de glicogênio muscular/hepático e a disponibilidade de glicose no sangue. O consumo de carboidratos deve ser aumentado durante os dias que antecedem a competição ou um treinamento intenso. O consumo deve ser realizado de 3-4 horas antes do treino (uma refeição maior) e de 30-60 minutos antes do exercício (uma refeição menor ou suplemento).

-Ingestão de 3-4 horas antes:

Deve apresentar de 140 – 330g de carboidratos. A vantagem é permitir que até a hora do exercício a concentração de glicose e insulina retorne aos seus níveis de repouso.

-Ingestão 30-60 minutos antes:

Deve conter de 40 a 75g de carboidratos. O objetivo é aumentar os níveis plasmáticos de glicose no sangue. Provoca aumento da queima de carboidratos pelo músculo e, simultaneamente, o aumento da queima de ácidos graxos. Podem ser utilizados frutose ou carboidratos com diferentes índices glicêmicos (maltodextrina) ou índice glicêmico moderado.


Durante o exercício:

Esta prática pode ser adotada caso a duração do exercício ultrapasse 60 minutos. Dar preferência para líquidos contendo entre 6 a 10% de carboidratos, a fim de que não ocorram alterações nos níveis de insulina e de que a função gastrointestinal não seja prejudicada. A quantidade suficiente para aumentar a desempenho está entre 600ml a 1200ml de bebidas esportivas por hora de exercício prolongado.

Carboidratos na recuperação (pós-treino):

O objetivo é recuperar os níveis de glicogênio no músculo e no fígado. Após o exercício exaustivo, recomenda-se a ingestão de carboidratos simples entre 0,7 e 1,5g/kg peso no período de quatro horas, o que é suficiente para a ressíntese plena de glicogênio muscular.





Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

 

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale conosco

Copyright © 2014 Só Nutrição. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Grupo Virtuous.