Você está em Diversos > Alimentação saudável

Modelos de pirâmide alimentar

Diversos modelos de guias alimentares estão sendo veiculados na mídia.

A seguir apresentamos alguns modelos atualmente destacados.

Modelo proposto pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (1992)

Planejado para incentivar a escolha nutricional, traz três conceitos para a alimentação:

Variedade: Estimular o consumo entre os diferentes grupos de alimentos que compõe a pirâmide e também dentro de cada grupo, composto por diferentes alimentos.

Proporcionalidade: Representada pelo tamanho dos grupos e pela indicação de número de porções recomendadas. A ingestão de alimentos de grupos de tamanho maior deve ser feita em maior quantidade.

Moderação: Representada pelo tamanho do grupo das gorduras e açúcares, localizado no topo da pirâmide, e pelo texto "usar moderadamente" que o acompanha.

Nova proposta de pirâmide americana

A base da pirâmide é a atividade física, estimulando e mostrando a importância da prática de exercícios físicos para a saúde e controle de peso. Acima aparecem os carboidratos (mas somente os integrais e in natura) e os óleos vegetais (fontes de ácidos graxos monoinsaturados e polinsaturados), demonstrando que o maior consumo de alimentos deve ser desses alimentos.

No grupo das carnes foram incluídas somente as brancas, a carne vermelha foi para o topo da pirâmide, juntamente com os doces, gorduras e os demais carboidratos refinados, devendo ser consumido com moderação. Além dessas modificações, fora da pirâmide é recomendado através de desenhos o uso de suplementos nutricionais (vitaminas) e a utilização de meia taça de álcool (vinho tinto).

   

Como referenciar: "Pirâmide alimentar americana" em Só Nutrição. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2018. Consultado em 17/10/2018 às 20:51. Disponível na Internet em http://www.sonutricao.com.br/conteudo/alimentacao/p2.php