Você está em Artigos

Alimentos e Agrotóxicos

Os agrotóxicos são substâncias químicas (herbicidas, pesticidas, hormônios e adubos químicos) criadas na tentativa de defender a agricultura contra pragas.

Alguns estudos têm mostrado as modificações provocadas pelo uso destas substâncias, que podem causar desequilíbrios na qualidade nutricional dos alimentos e na saúde humana; as plantas tratadas com agrotóxico tornam-se desequilibradas, diminuindo a produção de proteínas ou aumentando a degradação destas.

É importante dizer que quando bem utilizados os agrotóxicos impedem a ação de seres nocivos, sem estragar os alimentos, portanto o que deve haver é o cuidado e o bom senso no seu uso. Os alimentos mais propícios à contaminação são as verduras, legumes, frutas, grãos, açúcar, café e mel.

Alimentos de origem animal (leite, ovos, carnes e frangos) podem conter substâncias nocivas que chegam a contaminar a musculatura, o leite e os ovos originados do animal, uma vez que este às vezes se alimenta de água, pastagens ou ração contaminadas. No Brasil, em geral, os produtos agrícolas que mais recebem agrotóxicos são o tomate, a batata inglesa, o morango e o mamão-papaia.

Na produção de uva Rubi e Itália, em média são feitas 40 aplicações de produtos químicos até a colheita.

As pessoas que preferem não consumir alimentos que possam conter resíduos tóxicos podem optar por alimentos fabricados e armazenados sem agrotóxicos ou tomar alguns cuidados:

- diluir uma colher de sopa de cloro para cada litro de água e deixar as frutas e as verduras nesta solução durante 15 minutos;

- diluir uma colher de sopa de vinagre para cada litro de água e deixar os alimentos nessa solução por meia hora;

- pequenos furos ou pequenas picadas na folha da couve, por exemplo, são indícios de menos agrotóxico neste alimento;

- dê preferência aos produtos nacionais em vez dos importados. Frutas e legumes produzidos na região não requerem tantos pesticidas quanto os que percorrem longas distâncias e são armazenados por longos períodos;
- legumes muito grandes, produzidos convencionalmente, podem ser resultado de adubação e estimulantes artificiais;

- retire toda a gordura e a pele das carnes e escolha laticínios com baixo teor de gordura, pois resíduos de produtos químicos tendem a se concentrar nos tecidos gordurosos dos animais.

Como referenciar: "Alimentos e Agrotóxicos" em Só Nutrição. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2021. Consultado em 18/06/2021 às 02:34. Disponível na Internet em http://www.sonutricao.com.br/conteudo/artigos/agrotoxico/

Divirta-se com o LOBIS HOMEM

O SONHO DE SER CANTOR

SOFRENDO COM A LÍNGUA PORTUGUESA