Você está em Artigos

Alimentos afrodisíacos

Amendoim
Possui niacina, vitamina B3, vitamina E e arginina, que atuam na dilatação dos vasos sanguíneos, melhorando a circulação nos órgãos sexuais e estimulando a produção de testosterona.

Ovos de codorna
Por conter vitamina B5 e vitamina B6, o ovo de codorna contribui na produção hormonal.

Cacau, ginseng e catuaba
Esses alimentos apresentam femiletilamina, uma substância encontrada em grande quantidade no cérebro de pessoas apaixonadas. Assim, o consumo de cacau, ginseng e catuaba contribui para a sensação de prazer e paixão.

Castanhas e linhaça
São fontes de selênio, essenciais para a produção de espermatozoides.

Mel
Fonte de serotonina e vitaminas do complexo B, necessárias para a produção de testosterona. Também contém boro, mineral que ajuda o corpo a metabolizar e a usar o estrogênio.

Tomate
Fonte de betacaroteno, essencial para a produção dos hormônios sexuais masculinos e femininos.

Dieta afrodisíaca

Café da manhã
1 xícara de chá branco
1 xícara (chá) de salada de frutas com 1 colher (sopa) de mel + 1 colher (sobremesa) de linhaça dourada

Lanche da manhã
3 damascos + 1 fruta

Almoço
1 porção de salada de alface, tomate e cenoura
1 filé de peixe grelhado
3 colheres (sopa) de arroz integral

Lanche da tarde
1 copo de suco de morango ou água-de-coco
3 castanhas-do-pará

Jantar
1 prato de salada de rúcula, alface, alface roxa e tomate
1 filé de salmão grelhado

Como referenciar: "Alimentos afrodisíacos" em Só Nutrição. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2020. Consultado em 08/04/2020 às 21:27. Disponível na Internet em http://www.sonutricao.com.br/conteudo/artigos/alimentosafrodisiacos/

Divirta-se com o LOBIS HOMEM

O SONHO DE SER CANTOR

SOFRENDO COM A LÍNGUA PORTUGUESA