Você está em Artigos

Dieta para a artrite

Artrite é uma doença degenerativa das articulações, caracterizada por causar inchaço e dor branda. Os sintomas surgem aos poucos, progredindo normalmente da seguinte forma:

1) Rigidez matinal;
2) Dor e edema nas articulações;
3) Movimentação restrita;
4) Deformidade nas articulações.

Uma alimentação eficaz pode controlar a artrite. As sementes de linhaça e os peixes de água fria são ricos em ácidos graxos essenciais e possuem propriedades anti-inflamatórias. Salmão e cavala são bons exemplos.

Aumente o consumo de fibras sob a forma de hortaliças cruas e cereais integrais. Alimentos ricos em enxofre auxiliam no reparo de cartilagens e ossos. Consuma: aspargos, repolho, alho e cebola. Para manter a cartilagem lubrificada e saudável, tome um copo de água a cada duas horas.

A desidratação foi associada à dor da atrite. O abacaxi contém uma enzima chamada bromelaína, capaz de reduzir inflamações. O excesso de ácidos causa inflamação. Portanto, evite alimentos que aumentem a acidez, tais como: carne vermelha, ovos, gorduras saturadas, óleos, frituras, açúcares, laticínios, carboidratos refinados, glúten (presente em pães, massas e produtos de pastelaria).

Suplementos alimentares indicados

Sulfato de glucosamina (reduz a dor e recompõe a cartilagem), óleo de peixe (reduz inflamação), polivitamínicos, metilsulfonilmetano (anti-inflamatório, possui enxofre na sua composição), bromelaína (enzima do abacaxi), vitamina E, vitamina C e Óleo de Prímula.

Como referenciar: "Dieta para a artrite" em Só Nutrição. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 17/11/2019 às 10:21. Disponível na Internet em http://www.sonutricao.com.br/conteudo/artigos/artrite/