Você está em Artigos

Zinco, magnésio e vitamina B6 no desenvolvimento muscular

A combinação dos minerais zinco e magnésio está relacionada com o aumento nos níveis do hormônio anabólico IGF-I (Insulin-Like Growth Factor-I).

A suplementação noturna com a combinação zinco-magnésio-vitamina B6 é capaz de aumentar a força e a potência muscular.

Pesquisas demonstram que 30 mg de zinco por dia é capaz de dobrar os níveis de testosterona em seis meses de suplementação.

O magnésio, por sua vez, é um mineral envolvido em aproximadamente 300 reações enzimáticas no organismo, principalmente nas relacionadas com a síntese de energia e, o mais importante para os praticantes de atividade física, na síntese proteica.

A vitamina B6 apresenta um importante papel no organismo por potencializar a absorção do zinco e do magnésio, além de estar diretamente envolvida no metabolismo dos aminoácidos.

Essa vitamina também apresenta considerável função anticatabólica por estar envolvida nas reações que favorecem a quebra do glicogênio muscular. Também atua na diminuição de certos hormônios catabólicos, como o cortisol.

Como referenciar: "Zinco, magnésio e vitamina B6 no desenvolvimento muscular" em Só Nutrição. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 12/12/2019 às 05:16. Disponível na Internet em http://www.sonutricao.com.br/conteudo/artigos/zinco/