Você está em Artigos

Problemas na tireoide

A tireoide é uma importante glândula do nosso organismo, localizada na parte anterior do pescoço, que produz os hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina), que têm como principal função regular o metabolismo.

Se a glândula da tireoide não funciona adequadamente, alterações podem ocorrer em todo o corpo, em graus variáveis de severidade.

Tireoidite

É a inflamação da glândula tireoide, sendo a causa mais comum do hipotireoidismo.

A tireoidite tem alguns sintomas que são usualmente os sintomas do hipotireoidismo, sendo também comum que a tireoide aumente de tamanho, podendo retrair com o tempo.

A forma mais frequente desta doença é a Tireoidite de Hashimoto, uma doença indolor do sistema imunológico que afeta 5% da população adulta, aumentando sua incidência em mulheres, proporcionalmente ao aumento da idade.

Bócio

O bócio é o aumento anormal da região anterior do pescoço causado por uma tireoide aumentada. Este problema ocorre em pelo menos 5% da população do mundo todo, tendo como causa mais comum a falta de iodo, componente químico que a tireoide usa para produzir hormônios.

Aproximadamente cem milhões de pessoas não têm uma quantidade suficiente de iodo na sua dieta, mas esse problema vem sendo resolvido pela adição deste componente ao sal de cozinha.

Mesmo com estes cuidados a glândula tireoide pode aumentar de tamanho, criando um bócio, e isso pode ocorrer em várias doenças da tireoide, como hipertireoidismo, hipotireoidismo, tireoidites e câncer de tireoide.

Teor de iodo em alguns alimentos (fonte mcg/100g):
- Sal iodado: 7400
- Camarão: 90
- Algas: 60
- Ostras: 38
- Badejo: 30
- Atum: 30
- Bacalhau: 20
- Aipo: 15
- Agrião: 15
- Caranguejo: 13
- Salmão: 11
- Leite de vaca: 11
- Arenque: 10
- Alho: 9
- Carne bovina: 5,3
- Fígado de boi: 5
- Aveia: 4
- Arroz: 3,6
- Sardinha: 3,5

Hipertireoidismo

O organismo fica acelerado em função do excesso de hormônio tireoideo no sangue.

Esses casos são, aproximadamente, dez vezes mais frequentes nas mulheres, afetando cerca de 2% delas no mundo inteiro.

O aumento da frequência cardíaca, nervosismo, fraqueza muscular, sudorese, perda de peso, tremores, mudanças na pele, diminuição do fluxo menstrual, bócio e queda de cabelo são sintomas comuns da doença.

Hipotireoidismo

O hipotireoidismo faz o organismo funcionar mais lentamente. Isso ocorre quando há quantidade insuficiente de hormônio tireoideo no sangue, sendo sua prevalência maior entre as mulheres.

Entre seus principais sintomas está a fraqueza e o cansaço, intolerância ao frio, intestino preso, ganho de peso, depressão, dores musculares e nas articulações, unhas quebradiças, enfraquecimento do cabelo e palidez.

Como referenciar: "Problemas na tireoide" em Só Nutrição. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2018. Consultado em 21/09/2018 às 08:59. Disponível na Internet em http://www.sonutricao.com.br/conteudo/patologias/tireoide/